Vemos, mas não enxergamos: processos e regularidade

Estamos iniciando o processo de fazer a administração da oficina ficar fácil. Ainda vamos mostrar a melhor forma de organizar o pátio, distribuir os serviços e a cuidar do financeiro e do administrativo da oficina.

Portanto vamos dando um passo de cada vez e, aos poucos, você vai se surpreender ao entender que cuidar de uma oficina é fácil e principalmente, entender como fazer o dinheiro sobrar no final do mês.

Vemos, mas não enxergamos

Neste texto quero mostrar que o processo de administrar uma oficina e tornar isto fácil passa diretamente pela condição de aprendermos a ver e também a enxergar a oficina. O que acontece no nosso dia a dia, é que estamos tão envolvidos com tudo da oficina que só conseguimos ver. E a diferença entre ver e enxergar, neste contexto, é muito grande.

Você entra na sua oficina pela manhã todos os dias do mesmo jeito (você abrindo a oficina ou seu gerente abrindo). Sua rotina já está tão enraizada que você não consegue perceber como é importante para a administração da oficina e para facilitar sua vida, tomar decisões, logo cedo, influenciadas pelo que você efetivamente enxerga.

Como enxergar?

Na prática o que estou pedindo é que você crie um procedimento e implante ele com regularidade (todos os dias e no mesmo horário). Defina, como por exemplo, que vai chegar na oficina sempre 15 minutos antes dela abrir (isto é um procedimento), mas com a finalidade específica de dar uma volta pela empresa, sem ninguém te parando para perguntar ou pedir alguma coisa. Ande por ela toda. Passe pelo pátio e enxergue os detalhes.

Veja se existem ferramentas fora do lugar, se o ambiente de trabalho está limpo, se os carros dos clientes que ficaram na oficina estão com os vidros fechados, se o lixo está bem acomodado e descartado da maneira correta ou ainda se não existe nada em cima do compressor ou muito próximo (peças  usadas, baterias velhas, etc).

Ande também pelos banheiros dos funcionários e dos clientes. Enxergue se, no banheiro dos funcionários, a condição de higiene está dentro de um padrão aceitável. Verifique se o chuveiro está esquentando e se não existem vazamentos nas torneiras ou na descarga ou ainda se a tampa dos vasos estão em bom estado.

Veja se o lixo do banheiro também está acondicionado de forma correta. No banheiro de cliente enxergue se ele está na condição que você deixaria sua esposa ou filha usar.

Tudo isso vai gerar informações importantíssimas que vão ajudar na gestão da sua oficina e no próximo texto vamos entender como fazer.

 

 

 

 

 

Fábio Moraes

CEO da empresa Ultracar, com 25 anos de experiência em gestão e administração de oficinas. Matemático, Analista de sistema e Administrador de empresas. Auditor do IQA, (Instituto de Qualidade Automotiva), consultor do IAA e consultor de várias oficinas do Brasil. Viajou o Brasil inteiro no ano de 2016 ministrando palestra com o tema “Oficina dá dinheiro, mas tem que administrar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *