Gestão de pessoas: 5 dicas para colocar em prática na oficina - Ultracar

Gestão de pessoas: 5 dicas para colocar em prática na oficina

Você já notou como um bom ambiente interfere na qualidade do trabalho dos funcionários em sua oficina? Quando há amizade e respeito os resultados são muito melhores?

Repare também que o contrário é verdadeiro. Um ambiente tóxico, em que o stress, a falta de parceria e empatia são uma realidade, trará resultados bem abaixo do que esperamos nos nossos negócios.

Pois saiba que para o ambiente de trabalho na sua oficina ser excelente há uma série de medidas que podem ser tomadas. Elas fazem parte da gestão de pessoas. Quer saber mais? Siga neste post e veja as nossas dicas.

Gestão de pessoas: o que é afinal?

Imagine um mecânico que ao chegar na oficina pense: “meu Deus, vou passar oito horas da minha vida neste lugar”, dê um suspiro e entre para o trabalho. Tenha certeza que este não é o funcionário que você quer ao seu lado. Fazer com que a pessoa se sinta bem com o ambiente e com o trabalho realizado é o foco da gestão de pessoas.

Parece simples, mas na verdade não é! Quando gerenciamos uma equipe, não importa o tamanho dela, lidamos com egos, com culturas diferentes, com expectativas totalmente distintas. Enfim, lidar com pessoas nem sempre é uma tarefa das mais simples para o gestor.

Pensando nisso, preparamos uma série de dicas para que você comece a implementar uma excelente gestão de pessoas na sua oficina e colher o melhor aproveitamento de sua equipe. Acompanhe com a gente!

5 dicas de gestão de pessoas para aplicar na sua oficina mecânica

1. Saiba ouvir!

O bom gestor tem a mente aberta para ouvir o que os seus funcionários estão falando. De fato, um subordinado pode ter uma ideia, seja ela a mais simples ou bem complexa, que pode mudar o ambiente e os procedimentos do dia a dia em sua oficina.

Quando ele sentir que está sendo ouvido, que suas sugestões são levadas em conta, este funcionário vai se sentir como parte importante da equipe, motivado! Isso gera satisfação. Experimente!

Quer saber mais sobre motivação? Não deixe de ler este post: O que é engajamento? Entenda como potencializar sua equipe.

2. Saiba dividir!

Muitos empresários guardam para si todas as informações e isso pode não ser saudável. Claro, existem informações que são realmente da gestão e não devem ser divididas, mas outros dados podem fazer com que os funcionários se sintam valorizados e se tornem mais engajados.

Vivemos em um país onde é difícil manter o controle financeiro o tempo todo. Ainda temos problemas do dia a dia com fornecedores e com o planejamento que não vai funcionar em 100% dos casos.

Um funcionário que conhece os problemas da oficina e ajuda na busca por soluções é alguém com maior envolvimento e, consequentemente, com maior rendimento. Por isso, dividir informações também é uma ferramenta da gestão de pessoas.

3. Motive um ótimo ambiente

Ter um ambiente saudável de trabalho na oficina é uma das grandes missões de um bom gestor. Este resultado só é atingido quando há uma rigorosa seleção de funcionários, quando as pessoas confiam umas nas outras e sentem segurança e estabilidade.

Isso não quer dizer que o gestor deva “dizer amém” para tudo o que os seus funcionários falam. Muitas vezes, dizer “não” é mostrar que o comandante ouve, avalia e sabe como agir nesta situação.

Explique os motivos desse “não” e saiba quando corrigir (e também como elogiar) seus funcionários. Este comportamento ressalta a relação de confiança entre chefia e equipe e o engajamento de todos.

Quer saber mais sobre engajamento? Entenda como isso pode potencializar a sua equipe!

4. Deixe muito clara a estrutura da oficina

Este é um erro bem comum em oficinas. Muitas vezes o gestor não define qual é o papel de cada membro da equipe ou de cada departamento. Quando não há clareza na estrutura, problemas entre pessoas podem aparecer em decorrência desta falha.

Ter um organograma definido e uma boa estrutura de relações entre os departamentos são medidas que reduzem bastante as possibilidades de desentendimento e de insatisfação entre os funcionários. 

5. Condições de trabalho são sagradas!

Onde você rende mais: em uma oficina desorganizada, abafada e sem janelas, ou em um lugar onde as ferramentas estão em locais pré-determinados, há ventilação e um ar condicionado bacana que deixa o ambiente fresquinho?

Organização e bem-estar mudam radicalmente um ambiente de trabalho, mostra que a administração se preocupa com o funcionário e pode fazer maravilhas em prol de um resultado final excelente.

Lembre-se! Um funcionário motivado se torna um funcionário engajado, e um funcionário engajado se torna um funcionário mais feliz e produtivo. Saiba mais sobre o assunto: Gestão de pessoas: o passo decisivo para o equilíbrio.

Gostou do post? Então coloque em prática na sua oficina e veja os resultados positivos acontecerem! Deixe o seu comentário aqui embaixo, conte as suas experiências com a gestão de pessoas e siga navegando no blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *