Gestão de pessoas: o passo decisivo para o equilíbrio

Talvez muitos de vocês podem discordar do que vou falar agora, mas dentro de tudo o que já vivenciei no mercado e de tudo o que vejo no dia a dia das oficinas pelo Brasil a fora, percebo que os proprietários não estão dando o devido valor à gestão de pessoas.

Todas as gestões em uma oficina são importantes e cada uma tem seu peso de importância (gestão financeira, gestão fiscal, gestão do pátio, etc), porém a gestão de pessoas é a alavanca que vai impulsionar todas as outras gestões.

Sem ela não é possível caminhar com as outras! Isso porque a gestão de pessoas não é operacional, pelo contrário, ela envolve o emocional e, principalmente, o ser humano.

Como donos de oficinas muitas vezes não estamos preparados para lidar com o emocional dos nossos funcionários, mas não existe outra alternativa. Se preciso encontrar o ponto de equilíbrio da oficina, se quero ter as informações chegando à minha mão e se preciso dos funcionários efetivamente ajudando a manter a oficina aberta, então preciso fazer gestão de pessoas na oficina.

E não importa se você tem um ou dez funcionários. O processo é o mesmo e deve ser iniciado de imediato, por isso, segue abaixo algumas dicas de como fazer a gestão de pessoas e de como aplicar esta gestão no dia a dia da oficina.

Quando começar a implantar a gestão de pessoas

Já foi o tempo em que as empresas, independente do setor, tratavam seus funcionários como números. Hoje em dia, fica cada vez mais evidente a necessidade de trabalhar em equipe e o retorno que isso traz para os proprietários.

É normal que, com tantas coisas no dia a dia, a empresa esqueça ou deixe de lado a organização interna. E depois de tanto tempo levando a oficina sem trabalhar a gestão de pessoas, você se pergunta: mas e agora, quando começar?

Você deve começar de imediato. Não existe tempo definido e nem prazo. Não precisamos esperar iniciar o mês seguinte ou o próximo ano. Devemos começar hoje.

Como começar a implantar a gestão de pessoas

O funcionário é o reflexo do dono da oficina, então o primeiro passo para implantar a gestão de pessoas é o proprietário da oficina entender que a mudança começa por ele.

O mercado de trabalho estava muito ruim a pouco tempo atrás. A mão de obra era difícil de conseguir e os funcionários tinham um certo “poder” junto aos donos das oficinas. Veio a crise e a necessidade de nos adaptarmos aos momentos difíceis que estamos passando, por isso, nos dias de hoje, quando um funcionário sai de uma oficina nem sempre o dono pensa em contratar outro para o lugar. Muitas vezes divide os serviços com os que ficaram.

A oferta de serviços caiu e, por melhor que seja o mecânico, existe o risco dele sair de uma oficina e ficar um bom tempo sem emprego. Precisamos aproveitar este momento mostrando a todos os funcionários, através de reuniões semanais que, ou trabalhamos como “equipe” e vencemos os momentos difíceis (JUNTOS), ou continuamos cada um trabalhando por si e vamos “tocando” a empresa do jeito que dá sem nenhuma perspectiva.

Resumo de como começar a implantar a gestão de pessoas

– fazer reuniões semanais na oficina (de 4 minutos – não pode ser reunião maior)

– mostrar alguns indicadores para os funcionários (eles precisam saber que as coisas não estão fáceis)

– pedir e cobrar o envolvimento de todos

– criar pequenas regras para melhorar o ambiente de trabalho

– trocar aquele funcionário que não quer trabalhar em equipe (para fazer isso é necessário um

planejamento)

– como proprietário, dar exemplo em tudo

– regularidade nos itens acima

 

Não é muito difícil implantar a gestão de pessoas, mas dá muito trabalho, porém quando o  resultado aparecer você perceberá que vai estar trabalhando um pouco menos do que nos dias atuais e terá funcionários dispostos a dar o seu melhor.

 

 

 

 

Fábio Moraes

CEO da empresa Ultracar, com 25 anos de experiência em gestão e administração de oficinas. Matemático, Analista de sistema e Administrador de empresas. Auditor do IQA, (Instituto de Qualidade Automotiva), consultor do IAA e consultor de várias oficinas do Brasil. Viajou o Brasil inteiro no ano de 2016 ministrando palestra com o tema “Oficina dá dinheiro, mas tem que administrar”

4 comentários em “Gestão de pessoas: o passo decisivo para o equilíbrio

  • 24 de outubro de 2017 em 15:21
    Permalink

    Parabéns pelo texto ,ele foi de grande importância para mim proprietaria de oficina.
    Vou colocar em pratica.
    Obrigado.
    Juliana

    Resposta
    • 24 de outubro de 2017 em 15:29
      Permalink

      Boa tarde, Juliana! Ficamos muito felizes em saber que você gostou do texto. Pode contar com a nossa equipe para o que precisar! Grande abraço.

      Resposta
  • 31 de janeiro de 2018 em 17:27
    Permalink

    OLA ! ADOREI AS DICAS .VOU TENTAR COLOCAR EM PRATICA ,
    PORQUE TENHO UM FUNCIONÁRIO DIFÍCIL DE LIDAR !

    Resposta
    • 6 de fevereiro de 2018 em 10:29
      Permalink

      Bom dia, Joelma!! Que bom que gostou! Espero que você consiga contornar essa situação da melhor forma possível. Depois nos conte se deu tudo certo. Grande abraço!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *