Tudo para você estabelecer metas na oficina - Ultracar

Tudo o que você precisa saber sobre estabelecer metas na oficina

Converse com qualquer administrador ou profissional de gestão bem-sucedido e a resposta será unânime: uma boa definição de metas é a base do sucesso de qualquer negócio. O mesmo vale para sua oficina.

A definição de objetivos é mais que uma simples formalidade ou uma burocracia administrativa. Ao estabelecer as metas em uma oficina, por exemplo, tanto o gestor quanto a equipe podem trabalhar com um norte, uma orientação de como e quando agir.

Qual é a real função das metas?

Você provavelmente já deve ter escutado muita coisa sobre “a importância das metas” e de como elas são um norte para sua oficina. Mas… o que realmente essa palavrinha significa?

Podemos trocar a palavra metas por “objetivo”. Ela diz respeito a um fim que queremos atingir. Em outras palavras, a meta é a resposta para a seguinte pergunta: “com o trabalho seu e da sua equipe, onde você quer chegar com sua oficina?”

Ao entender seus objetivos, a administração da oficina fica mais direta. Você passa a tomar decisões com base na meta desejada e o trabalho ganha um novo sentido. Em vez de apenas repetir as mesmas coisas todos os dias, com esse “norte” você e sua equipe começam a trilhar um caminho, diariamente, em busca do grande prêmio.

Como estabelecer metas?

As metas deixam a gestão da sua oficina mais profissional. Contudo, não podemos simplesmente escolher alguma coisa que queremos e defini-la como meta, certo? Por isso que existem diversas formas de selecionar quais objetivos seu negócio deveria focar.

Dentre os vários métodos, as metas SMART são bastante simples, aplicáveis e geram ótimos resultados.

Usando o método SMART

SMART é uma sigla, utilizada como recurso mnemônico, para elencar os cinco principais pontos que uma meta sempre deve respeitar. Veja cada um deles!

Específico (specific)

Toda meta precisa ser específica, clara, objetiva e inequívoca. Ela não pode dar margem ao erro de interpretação.

Mensurável (measurable)

Metas tem que ser mensuráveis. Elas devem ter indicadores claros que podem ser acompanhados para medir o progresso.

Alcançável (achievable)

Suas metas precisam ser alcançáveis, atingíveis. Elas devem ser construídas de maneira lógica. Em vez de ir direto ao passo D, alcance primeiro o passo A, depois o B, depois o C e assim por diante.

Realista (realistic)

Metas precisam estar dentro da realidade. Isso não significa que suas metas devem ser pequenas, apenas que elas precisam levar em consideração o que realmente pode ser alcançado em um espaço de tempo realista.

É possível ser a oficina mais conhecida da sua cidade? Sim. É possível fazer isso em apenas seis meses? Não.

Temporal (time-based)

Metas precisam ter um prazo, um tempo — ou, para quem está acostumado com esses termos, uma “dead line”.

A meta deve ter uma data para expirar, assim como um boleto ou o serviço de um cliente. É isso que dará a sensação de urgência para ela, e colocará você e sua equipe empenhados em alcançá-la.

Exemplo da meta SMART sendo aplicada

Entendidos os cinco princípios das metas SMART, vamos a um exemplo? Mostraremos uma forma errada e uma forma certa de definir metas.

Errado: Quero que minha oficina tenha um atendimento melhor.

Certo: Quero que minha oficina tenha um aumento de 20% no índice de avaliações “bom” e “excelente” e reduza em 30% os atrasos na entrega dos serviços até o dia 30 de abril.

Repare como essa meta é direta, objetiva, específica, fala o que precisa ser feito, o que deve ser focado e qual é o tempo esperado para a realização dela. É assim que montamos metas!

Dica: sempre leve em consideração os meses anteriores para estabelecer metas. Se seu lucro está diminuindo em relação ao mesmo período do ano passado, tentar aumentar o lucro em vez de estabilizar as perdas pode ser um erro, por exemplo.

Quem deve seguir as metas em sua oficina?

Levando em consideração que as metas ajudam o processo de gestão da oficina e garantem que você e seus funcionários estão trabalhando de maneira organizada, todos precisam de metas.

Pois é, não é só o seu negócio que deve ter objetivos claros, sua equipe também pode se beneficiar disso, além de melhorar o resultado de cada pessoa na empresa. Alguns exemplos de metas para funcionários que você pode começar a adotar são:

  • horas trabalhadas;
  • serviços entregues;
  • pontualidade;
  • frequência;
  • etc.

Essas metas devem ser tratadas da mesma forma que já explicamos: usando o SMART e tendo atenção para que façam sentido no trabalho de cada pessoa, já que diferentes funções exigem metas diferentes — Ah! Sempre é bom chamar seus funcionários, individualmente, para decidir a meta com a ajuda deles.

Quer ver um exemplo prático de como aplicar os conceitos deste texto? Leia nosso artigo sobre como estabelecer metas de venda de serviços e peças por dia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *